Contos da Montanha Mágica – O canto da passarinha

setembro 3, 2009

Certa vez meu sono foi invadido por um canto. Um canto de passarinha bem bonito. Melodia da mata, que tocava junto do sopro do vento e das folhas das arvores. Já fazia quatro dias que estava lá, vivendo junto da floresta e da montanha, e até então nada havia me causado tamanha curiosidade e impressionismo. Levantei-me, fui até o lago, lavei o rosto e preparei-me para encontrar o dono de tal encanto. Lembro que não tive trabalho em encontrar a fonte da melodia, já que estava tão concentrado. Parecia um cachorro perdigueiro.  Depois de mais alguns passos, deparei com uma passarinha. Fiquei perplexo com o canto. Extasiado. Era de uma beleza tão sincera e infantil que meus pêlos do braço ficaram arrepiados, a mão tremulou, o peito arfou, a boca se enxeu de um gosto delicioso de caju. Não consegui conter um sussuro: Belíssimo. O canto cessou, e seu olhar encontrou com o meu. E eu reconheci aquele olhar de passarinha. E assim ficamos, por instantes, até que ela vôou e levou seu canto e seu encanto para outros cantos do mundo.

pico do Corcovado por Angélica Rodrigues

pico do Corcovado por Angélica Rodrigues

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: