Cabeça de Tanque

abril 16, 2008

Minha cabeça é um tanque de pensamentos.
Pensamentos de bicho, de animal selvagem.
Sou selvagem!
É inevitável que eu seja selvagem, afinal de contas eu ainda penso.
Penso na vontade, penso na verdade, penso no prazer e na fome. Penso que sou, pois se não, um cabeça-tanque de pensamentos.
As coisas fluem com naturalidade, inevitavelmente com naturalidade.
Da mesma maneira que a natureza derruba água dos céus, ela derruba estímulos para eu pensar.

Penso que posso, e falo que penso.

Rafael Furtado Camargo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: